Por que ser um Jovem Aprendiz?

Escrito por Vania Silva

Jovens do Formação Aprendiz da IDES no Curso de Tecnologia da Informação
Jovens do Formação Aprendiz da IDES no Curso de Tecnologia da Informação

Nós da IDES atualmente, observamos que a questão financeira não é somente o que faz com que o trabalho seja claramente supervalorizado, mas, também o valor moral e social que este representa dentro da cultura da qual fazemos parte. Notamos que o trabalho se fundamenta não só como um aspecto de impacto econômico, mas também psicossocial para a vida das pessoas.

Adolescentes e jovens em busca dessa oportunidade social e moral, se deparam com uma tarefa árdua na conquista do primeiro emprego. Muitos acabam entrando em um círculo vicioso: não conseguem trabalho pela falta de experiência e não adquirem experiência pela falta de oportunidade no mercado de trabalho.

Na busca pela reparação do problema foi criado pelo Governo Federal o Programa Jovem Aprendiz, que é fruto da Lei da Aprendizagem 10.097/2000. O texto diz que toda empresa brasileira de médio ou grande porte, que tenham a partir de 7 funcionários deve contratar adolescentes e jovens. A cota correspondente deve ser de 5% ou 10% do seu quadro de funcionários, excluindo os cargos de chefia e de competência técnica.


Como ser um Jovem Aprendiz?


Jovens do Formação Aprendiz da IDES no Curso de Tecnologia da Informação
Jovens do Formação Aprendiz da IDES

Para ingressar no Programa, o jovem deve ter idade entre 14 e 24 anos e estar matriculado em uma instituição de ensino, caso não tenha concluído a educação básica. Esses adolescentes e jovens têm a chance de desenvolvimento e crescimento profissional, dentro de uma área de atuação específica, valorizando a educação, fomentando e esclarecendo a importância da