2018

A Festa do Espírito Santo

na Ilha de Santa Catarina

Quer saber mais sobre a história da Festa religiosa mais tradicional do sul do país?

Baixe gratuitamente aqui o capítulo escrito pela Profa. Dra. LÉLIA NUNES.

 Notícias DIVINA FESTA 2018 

Agradecimentos

Mensagem do Provedor da IDES, Ademar Arcângelo Cirimbelli,

no encerramento da DIVINA FESTA 2018, em 20 de maio, na

Capela do Divino Espírito Santo – Centro de Florianópolis.

Excelência Reverendíssima Dom Wilson Tadeu Jönck, Arcebispo Metropolitano de Florianópolis, presidente desta Celebração Eucarística.

Reverendíssimo Padre David Antônio Coelho, Reitor e Pároco da Catedral.

Nosso dedicado Capelão da IDES, Padre Valter Maurício Goedert.

Estimado Casal Festeiro, Luiz Carlos Santafé Bernardo e Francis Nessi Maurer Bernardo.

Prezados Vice Provedor Paulo Teixeira do Valle Pereira, Diretores da IDES e do Colégio Santa Catarina.

Prezados coirmãos da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos.

Conselheiros e Irmãos da IDES, Voluntários, Professores, Cantores, Alunos e Parceiros.

Devotos do Divino Espírito Santo.

Encerrada a programação religiosa da DIVINA FESTA 2018, cumprimos o dever de agradecer e felicitar todos os que atuaram neste importante evento, em especial, ao estimado Casal Festeiro e aos que integraram as Comissões de Espiritualidade, Cortejo e Cerimonial; Infraestrutura (Apoio Logístico); Decoração da Capela; Marketing e Secretaria. Nosso agradecimento extensivo aos anônimos e muito especialmente ao Coordenador da Festa, Conselheiro Renato de Souza Marques. Até agora, só recebemos referências elogiosas.

Às organizações apoiadoras: Lira Tênis Clube, Fundação Cultural Municipal Franklin Cascaes, Lojas Koerich, Ondrepsb, Hippo Supermercados, Polícia Militar de SC, Guarda Municipal, Movimento Emaús, Colégio Santa Catarina, Catedral Metropolitana, M. Festas e Decorações e Rádio Cultura, nosso muito obrigado por aderirem à nossa causa.


"É pelo Espírito Santo que todas as coisas existem. É pelo Espírito que existem na história movimentos sociais e políticos, pela paz, pela promoção e defesa da vida. É Ele quem suscita líderes, chefes, pessoas que são mulheres e homens de Deus, ou seja, que atuam pelo bem, pela paz, pela justiça e pela solidariedade".


Assim que tivermos o resultado financeiro da Festa, daremos conhecimento a todos os apoiadores.


Muito obrigado a todas e todos pela dedicação, pela presença, pelo esforço, pelo trabalho desenvolvido, sempre com alegria e muito amor.

A Dom Wilson Tadeu, nosso Arcebispo, o mais sincero agradecimento da IDES por sua honrosa presença, que consideramos uma bênção de Deus. Sabemos de suas diretrizes e ações voltadas à inclusão; a instalação da Casa de Apoio São José, na Praia Comprida – São José, para internações rápidas no Hospital Regional e acolhida de acompanhantes; a implantação do Centro de Referência de Atendimento ao Imigrante – CRAI, na Capital, e a prioridade de financiamentos da ASA a projetos sociais multiplicadores. Assim, podemos afirmar que temos um Bispo da Caridade, como nos ensinou Jesus.

Registramos, também, a presença da Sra. Déa Barreto Bornhausen que, neste ano, comemora o cinquentenário como Festeira na Divina Festa de 1968. Pelas ações que lidera, sabemos que tem sido graça do Espírito Santo. Obrigado, D. Déa, pela sua presença e pelas obras que vem viabilizando em nossa comunidade, notadamente na Fundação de Apoio HEMOSC e as novas instalações do CEPON, no Bairro de Itacorubi.

Louvada seja, hoje e sempre, a Trindade Santa:

o Pai, o Filho e o Espírito Santo!

 

Que o Espírito Santo esteja ao lado de cada um, seja seu defensor (Paráclito), seu consolador.

 

 

Muito Obrigado!

Divina Festa - Sábado dia 19 de maio

A Divina Festa está com tudo.

Todas as barracas funcionando em pleno vapor e a pescaria está cheia de brindes incríveis que encantam a criançada.

Quer conferir a programação completa?

Acesse: Divina Festa

Divina Rádio

A Divina Festa sempre está repleta de novidades.

Nós da Irmandade acreditamos em manter os valores e as tradições de fé sempre em primeiro lugar, mas também não nos esquecemos que os tempos atuais pedem inovações tecnológicas.

Este ano nossa tradicional rádio também está sendo transmidida via Web para todo o mundo.

Acesse você também e faça parte desta festa:  Divina Rádio

ABERTURA DA DIVINA FESTA 2018, EM 17 DE MAIO.

Mensagem do Provedor da IDES, Ademar Arcângelo Cirimbelli

 - Reverendíssimo Padre Vitor Galdino Feller, Vigário Geral da nossa Arquidiocese, que preside esta Celebração Eucarística.

- Nosso dedicado Capelão, Padre Valter Maurício Goedert.

- Querido Casal Festeiro, Luiz Carlos Santafé Bernardo e Francis Nessi Meurer Bernardo.

- Prezados Vice Provedor Ir. Paulo, Coordenador da Divina Festa Ir. Renato, Diretores, Conselheiros, Irmãos e Irmãs da IDES.

- Prezados Colaboradores, Voluntários, Alunos, integrantes do Movimento Emaús e Parceiros Terceirizados.

- Devotos do Espírito Santo.

 

Estamos oficializando o início da DIVINA FESTA 2018, destinada a reviver e

manter acesos o amor e a devoção ao Divino Espírito Santo,

que Jesus nos comunicou no dia do nosso Batismo.

A Festa é de louvor, agradecimento e alegria. É a mais expressiva manifestação de religiosidade e fé trazida por nossos povoadores açorianos, que aqui chegaram, há 270 anos, em 6 de janeiro de 1748.

O jornalista português João Gago da Câmara, na obra “Dos Vulcões ao Desterro”, “transporta-nos ao século XVIII, à epopeia dos açorianos, à sua bagagem cultural, feita de tradições e engenhos, de um patrimônio imaterial que perdura, como a Festa do Divino”.

 “A Ilha de Santa Catarina é, hoje, o reflexo de uma moldagem profunda, trabalhada por homens portentosos, gente aventureira e temerária que, em terra, entregou a vida nas mãos do Divino, quando, antes, no mar, curvou-se às fúrias de Netuno, enfrentando águas medonhas e traiçoeiras num Atlântico, devastador e fatídico”. Eram travessias de vindas sem regresso, rumo à Vila de Nossa Senhora do Desterro. No imaginário da sua gente, foram dramáticas as despedidas dos familiares, que eram para sempre.

Nossa homenagem, pois, “aos povoadores açorianos, anônimos e verdadeiros heróis, que à custa de sangue, suor e lágrimas, escreveram um belo capítulo da nossa história”.

A plenitude da ação do Espírito Santo em nossos corações é representada na forma de sete dons: Sabedoria, Inteligência, Conselho, Fortaleza, Ciência, Piedade e Temor de Deus.

Iniciemos nossa Festa, pedindo, com devoção e fé:

Vinde, Espírito Santo.

Enchei os corações de Vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor.

 

___________________________________________________________________________

 

Ato contínuo, a Ir. Maria Luci Battistotti Hostins fez a leitura da correspondência, hoje recebida, do Exmo. Sr. Presidente do Governo dos Açores (clique para acessar).

CONVITE À COMUNIDADE

É com imensa alegria que a Irmandade do Divino Espírito Santo – IDES e o Casal Festeiro, Sr. Luiz Carlos Santafé Bernardo e Sra. Francis Nessi Meurer Bernardo, convidam a todos para a Divina Festa 2018, a Festa da Família, nos dias 17, 18, 19 e 20 de maio, na Praça Getúlio Vargas nº 242, Centro de Florianópolis, também conhecida por “Praça do Bombeiro”. 


Neste ano, retornarão as chamadas “barraquinhas”, praça de alimentação, bingo, brechó e intensa programação artística e cultural.


Desde 1774, um ano após sua instituição, a IDES realiza esta tradição secular da Festa do Divino, introduzida em Portugal em 1296, na Vila de Alenquer, por iniciativa da Rainha Santa Isabel de Aragão, esposa do Rei Dom Dinis. A partir de 1748, os açorianos a trouxeram às terras de Santa Catarina, junto com seus sonhos, conhecimentos, religiosidade e fé. A propósito, Arcipreste Paiva dizia que os açorianos, nossos povoadores portugueses, “eram colonos inteligentes e laboriosos”.


O culto ao Divino Espírito Santo representa a manifestação mais significativa da cultura popular catarinense. Esta festividade é considerada patrimônio histórico, artístico e cultural em Santa Catarina, pela Lei Estadual 15.731/2012. A Divina Festa da IDES, a partir de fevereiro de 2018, foi reconhecida pela Fundação Catarinense de Cultura como Patrimônio Cultural de Santa Catarina.


Contamos com sua honrosa presença na Divina Festa 2018.

IRMANDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO - IDES
Fundada em 10 de junho de 1773.
245 ANOS SEMEANDO AMOR

Ciclo do Divino 2018

Hoje foi dada a largada oficial para as Festas do Divino da Grande Florianópolis. O evento é promovido pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes e  recebe o apoio da Prefeitura de Florianópolis

 


Programação

05 de maio (sábado) - Abertura Oficial do Ciclo do Divino
Das 9h às 12h - no entorno da Catedral Metropolitana
- Desfile dos cortejos pelas ruas centrais da cidade
- Encontro das Bandeiras do Divino
- Apresentações culturais

Maio
17 a 20 – Centro
18 a 27 – Trindade
19 e 20 – Ribeirão da Ilha

Junho
08 a 10 – Monte Verde
08 a 10 – Prainha
15 a 17 – Estreito
15 a 17 – Rio Tavares
30/06 e 01/07 – Pântano do Sul

Julho
21 e 22 – Campeche
28 e 29 – Lagoa da Conceição

Setembro
01 a 09 – Santo Antônio de Lisboa
07 a 09 – Rio Vermelho
07 a 09 – Barra da Lagoa
21 a 23 – Canasvieiras - encerramento

23 de setembro (domingo) - Encerramento do Ciclo do Divino
Das 17h às 20h - Igreja São Francisco de Paula - Canasvieiras
- Encontro das Bandeiras do Divino
- Desfile de cortejos
- Apresentação dos casais festeiros de 2019
- Confraternização e Café da Partilha

Casal Festeiro 2018 participa do Divino Bingo

Os franqueados da CASACOR Santa Catarina, Francis Bernardo e Luiz Bernardo, são o casal festeiro e estão em preparativos para a Divina Festa. 

O evento ocorre no pátio da entidade, ao lado da sede em que foi realizada a CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2017.  Na foto, a presença dos franqueados no Divino Bingo, que ocorreu na quarta-feira, 18, no Lira Tênis Clube, em Florianópolis.
 

Divino Patrimônio de Santa Catarina

A Festa do Divino realizada pela IDES no Centro de Florianópolis desde 1776 é Patrimônio Cultural Imaterial do Estado

 

 

Em janeiro, a Irmandade do Divino Espírito Santo recebeu uma das suas melhores notícias ao longo dos seus 244 anos de existência. O Conselho Estadual de Cultura, após análise do processo SGPe: FCC 1367/2017, realizada nas sessões dos dias 05 e 12 de dezembro, emitiu Parecer onde, “através das provas cabais contidas nos autos”, recomendou o registro da Festa do Divino Espírito Santo da IDES como patrimônio imaterial catarinense. O registro foi concedido definitivamente após o prazo para manifestações em contrário, que foi até o dia 27 de dezembro de 2018. Como não houve nenhum questionamento, Santa Carina possui, agora, dois eventos considerados Patrimônio Imaterial. O primeiro foi a Procissão de Nosso Senhor dos Passos e, agora, a Festa do Divino da Irmandade do Divino Espírito Santo.

A decisão foi unânime, sempre ressaltando o “profundo embasamento originário de uma pesquisa histórica, mostrando que a Irmandade do Divino Espírito Santo de Florianópolis foi instituída em 1773 e reflete as tradições da cultura dos povoadores açorianos da Ilha de Santa Catarina”. Além disso, é destacado que “a manifestação ocorre não apenas em Florianópolis, mas também em dezenas de outros municípios catarinenses, expondo seu caráter relevante para a cultura de nosso Estado”.

A deliberação da Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural da Fundação Catarinense de Cultura, presidida pelo Professor Rodolfo Joaquim Pinto da Luz, está “fundamentada na pesquisa histórica” que ratificou a relevância do registro desta manifestação cultural e deu embasamento ao registro. É de se registrar o máximo empenho da citada Diretoria do Patrimônio Cultural na acurada análise do Processo. A partir de agora, a Festa do Divino, também chamada de Divina Festa da IDES, estará inserida no Livro das Celebrações, conforme dispõe o Decreto Estadual 2.504/2004.

 

É considerado um dos eventos religiosos cristãos mais importantes, dentre muitos praticados no Estado. As tradições açorianas como a Festa do Divino, que estão presentes em nossa cultura até hoje, chegaram com os povoadores portugueses, entre os anos de 1748 e 1756. A Irmandade sempre manteve, como período de celebração da Festa, o Dia de Pentecostes, que se dá exatamente cinquenta dias depois do Domingo de Páscoa e a sete dias da Ascensão do Senhor. Neste dia de Pentecostes, ocorre o Cortejo Imperial com a coroação do Imperador, figura essencial em todas as Festas do Divino, e a missa solene da coroação. A IDES mantém, em seu acervo histórico, coroa e cetro que datam de 1774, trazidos diretamente dos Açores e que são utilizados na liturgia da festa, desde 1776.

Please reload

Atuamos de forma compatível  à agenda de desenvolvimento sustentável da ONU, em especial o ODS nº 4

 IDES: Rua Emílio Blum, 124 - Centro - Florianópolis - Cep. 88020-010 - Telefone: (48) 3224-5008 - E-mail: contato@ides-sc.org.br

© 2016 / 2019 Feito com 🧡 por Marketing IDES - Irmandade do Divino Espírito Santo