IMG_6280.JPG
Logo EducArte.png
Promenor.jpg

Antes de mais nada, vamos combinar uma coisa. O termo “menor” já não é mais utilizado atualmente, ele apenas aparece nesse texto por questões históricas. Hoje, usamos os termos criança, adolescente ou jovem, dependendo da faixa etária sugerida.

A Associação Promocional do Menor Trabalhador, ou PROMENOR, surgiu durante os tumultuados anos 70, uma década marcada por turbulências econômicas e sociais. Turbulências estas que geraram uma grande migração de pessoas do interior, para as grandes cidades e com Florianópolis não foi diferente. Isso levou um grande número de pessoas, incluindo crianças, adolescentes e jovens, a se encontrarem em situação de rua. Neste cenário, a DAS (Diretoria de Assistência Social) idealizou a PROMENOR, que tinha como objetivo dar uma formação técnico-profissional a estes adolescentes e jovens.

A PROMENOR inicia suas atividades em setembro de 1971 e no ano de 1972 tem seu primeiro jovem encaminhado ao mercado de trabalho, ao extinto Banco do Estado de Santa Catarina – BESC, na função de offce-boy. A partir deste momento houve um grande crescimento de demanda para a instituição que começou a sentir sérios problemas financeiros. Nesta época a PROMENOR atendia em regime de semi-internato para crianças e adolescentes com idade entre 7 e 18 anos, com atividades nas áreas de educação, saúde, recreação e trabalho.

Devido aos problemas financeiros, como uma forma de dar continuidade na prestação dos serviços, em 1977, a então diretora Maria Tereza Bandeira Maia, procurou a diretoria da Irmandade de Divino Espírito Santo. E, neste mesmo ano, a PROMENOR passou a ser mantida e gerida pela IDES.

Hoje, a PROMENOR continua prestando seus serviços a crianças, adolescentes de jovens de Florianópolis, através do Programa EducArte, localizado na Agronômica, um dos 4 Programas de nossa instituição.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom